site-dmelo_linkedin-pulse_artigo

Como ser percebido pelo algoritmo do Pulse e chegar aos editores do Linkedin

Quem não tem vontade de sentir a excitação dos “15 minutos de fama”? Quando você publica na plataforma Pulse, do Linkedin, seu texto pode ser e publicado como mesmo peso e visibilidade dos influenciadores eleitos pelo Linkedin, formadores de opinião e jornalistas que se destacam na grande imprensa.

Seus textos podem ser incluídos nas seções “em destaque” do LinkedIn. Essa escolha é determinada por um algoritmo e outras variáveis. De acordo com o próprio Linkedin a meta dos editores é “apresentar o conteúdo certo ao profissional certo, de forma que cada usuário visualize notícias e insights profissionais personalizados que sejam informativos e inspiradores para ele. Estamos otimizando constantemente essa experiência, além de explorar outros métodos de identificação do conteúdo adequado para cada canal e usuário. Com isso, alguns artigos longos serão marcados pelo nosso algoritmo, mas não todos”.

O que acontece quando seu texto é destacado nos Canais?

Quando seu conteúdo conseguir repercussão suficiente para ser percebido pelo algoritmo ele pode chegar aos editores que escolhem os artigos para subir para os canais e ganhar grande repercussão. Ai então, a equipe do Linkedin começa a trabalhar para você! Conheça os canais:

  • Notícias e Opiniões
  • Política, Marketing e Publicidade
  • Carreira, Negócios
  • Para ler com calma
  • Melhores Conselhos
  • Produtividade
  • Empreendedorismo
  • Inovação
  • Saúde e Bem-estar
  • Tecnologia

5 regrinhas de ouro para ser percebido pelo algoritmo e pelos editores

Se você quiser aumentar a chance de o seu artigo ser visto pelo algoritmo e, consequentemente pelos editores que destacarão seu artigo, você precisa:

  1. Redigir conteúdo relevante para suas conexões
  2. Escolher temas ligados à sua área de atuação. Escreva sobre o que você sabe fazer melhor.
  3. Dê dicas de ouro para seus seguidores. Seja generoso e compartilhe seus conhecimentos.
  1. Seu artigo precisa gerar uma grande repercussão entre suas conexões e seguidores. Os artigos mais significativos acabam sendo promovidos pelo feedback dos usuários da plataforma e isso inclui visualizações, cliques, “gostei”, comentários e compartilhamentos.
  2. Use todos os recursos oferecidos pelo PULSE:
    • subtítulos
    • negrito
    • itálico
    • imagens
    • vídeos
    • citações
    • links
    • marcações

Os artigos longos (como os textos são chamados dentro da plataforma PULSE), determinados pelo algoritmo e outras variáveis, podem ser distribuídos muito além das suas conexões e seguidores. Podem ser compartilhado com outros usuários, fora da plataforma, aparecer em pesquisas dentro e fora do LinkedIn e podem ser compartilhados com um pequeno subconjunto das suas conexões e seguidores de acordo com regras do Linkedin.

Qualidade e relevância dos textos

Mas essa “mágica” não acontece assim, de repente. Um artigo longo que se destaca e vai parar em um dos canais não necessariamente conseguirá um grande número de visualizações. As visualizações dependem da qualidade e da relevância do conteúdo, conforme determinado por suas conexões, seguidores e outros usuários do LinkedIn.

Quer dizer que o seu conteúdo precisa ser lido e fazer a diferença para os usuários da plataforma!

Mentoria para Linkedin

Quer aprender a usar a maior plataforma profissional do planeta? Eu desenvolvo um Método de Mentoria para Linkedin que está dando super certo com resultados expressivos para os mentorados. Durante algumas sessões eu transmito todo o conhecimento que adquiri com a ferramenta para você. Além de ser capaz de fazer a gestão do próprio perfil, sem depender de mais ninguém, com segurança autoconfiança, você aprende a levantar pautas, fazer um calendário de publicações, editar imagens e divulgar seus artigos.

Entre em contato: catarina@dmelocomunicacao.com.br

*Esse artigo foi republicado no meu canal Pulse, no Linkedin

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *