5 histórias de derrotas que viraram sucesso_Catarina Pierangeli

5 histórias de derrotas que viraram sucesso

Quantas vezes você já ouviu essas frases: “não vai dar certo”, “você não é capaz”, não vai conseguir”, “é difícil”…

Todo mundo já ouviu isso pelo menos uma vez na vida

Profissionais que fizeram história também passaram por maus momentos, mas sua determinação e persistência fizeram toda a diferença para que vencessem.

Ao ouvir críticas ou palavras depreciativas e desestimulantes você pode sentar e chorar, desistir ou virar a mesa. Esses 5 vitoriosos não acreditaram no que ouviram, nem se entregaram às dificuldades. Eles se superaram!

Criança, Michael Jordan (foto) foi afastado da equipe de basquetebol na escola. Chorou na privacidade do seu quarto, mas não desistiu. Passou a treinar 2 horas por dia para poder voltar à equipe. Conseguiu voltar e levou a equipe aos campeonatos. Hoje é considerado um dos melhores jogadores de basquetebol do mundo. Eu perdi mais de 9000 cestas em minha carreira. Perdi quase 300 jogos. Em 26 ocasiões me foi confiado a jogada final e eu perdi. Eu falhei e falhei repetidamente mais de uma vez na minha vida e foi justamente por isso que venci.“, conta o gigante do Chicago Bulls.

Thomas Edison é um dos maiores exemplos de persistência da nossa história. Fez mais de 10 mil experimentos durante o processo de inventar a lâmpada. Questionado sobre seu fracasso, ele respondeu: “Eu não fracassei, apenas descobri 10 mil maneiras que não irão funcionar”.  O mais fértil inventor de todos os tempos criou o fonógrafo, a lâmpada elétrica, o projetor de cinema e aperfeiçoou o telefone.

Oprah Winfrey foi vítima de violência doméstica e abusada sexualmente por familiares. Decidiu enveredar pelo jornalismo, mas foi afastada do noticiário, pois envolvia-se emocionalmente nas reportagens que fazia e não tinha perfil para a televisão. Magoada, aceitou uma participação em um programa diurno que tornou-se um sucesso de audiências. Foi para Chicago e criou o  Oprah Winfrey Show, um sucesso que durou 25 anos. É o talk-show com maior audiência da história da televisão norte-americana. Hoje ela tem o seu próprio canal de televisão.

Steve Jobs ficou para a história como um homem de sucesso. Contudo, o seu percurso nem sempre foi brilhante. Desistiu da escola e teve que sair da própria empresa, a Apple. Aos 30 anos ficou arrasado, mas considerou essa queda como algo positivo. Mudou sua forma de agir e entrou num dos períodos mais criativos da sua vida. Regressou à Apple e levou a empresa para ascensão. Criou produtos que se tornaram objetos de desejo – iPod, iPhone e iPad.

Walt Disney pulou de emprego em emprego no início da sua carreira. Foi cartunista num jornal, mas acabou sendo despedido por falta de criatividade. Seu primeiro estúdio faliu. Tentou, junto aos estúdios da MGM, vender a ideia do “Rato Mickey”, contudo disseram que um rato no ecrã não daria resultado e iria assustar as mulheres. Apesar de vários fracassos, Disney construiu sua empresa dos sonhos.

Para trilhar o caminho do sucesso é preciso descobrir o verdadeiro significado de duas palavras mágicas:

autoestima e autoconfiança

Autoestima é a capacidade de enxergar suas qualidades positivas e/ou negativas. Está associada a uma série de crenças limitantes que desenvolvemos ao longo da vida. As causas de baixa autoestima podem estar escondidas na infância, em alguma experiência negativa que, que de tão dolorosa, acabamos bloqueando e “esquecemos”.

Autoconfiança são competências que temos para realizar algo. É convicção!

E você? Como se vê?

confiança-e-segurança

Baseado em informações de Miguel Lucas, psicólogo, preparador mental de atletas e equipes desportivas

Como você já percebeu, não existe uma receita para o sucesso, mas existem alguns ingredientes básicos que estão ao nosso alcance:

  1. Tenha sonhos possíveis de realizar. Os sonhos nos mantêm vivos e nos faz desafiar nossos próprios limites
  2. Tenha paixão pelo seu trabalho. Paixão é a força motriz que leva você a alcançar seus sonhos
  3. Descubra seus talentos e aptidões e trabalhe com o que você gosta. Talento ou aptidão é tudo o que você tem facilidade para executar
  4. Trace objetivos. Planeje metas de curto, médio e longo prazo e estipule datas para concluir cada etapa
  5. Não desista, persista! Quando encontrar um obstáculo pare e repense para encontrar uma nova abordagem
  6. Celebre cada um dos resultados que conseguir. Celebre e agradeça à você mesmo, antes de tudo
  7. Acredite em você, sempre!

Artigo publicado originalmente no LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *